Sindauto BA realiza mais uma edição do Encontro Empresarial Online

Publicada em 11-13-20

Um bate-papo empresarial sobre as Novas Demandas dos CFCs da Bahia foi promovido, nesta quinta-feira (12/11), pelo Sindauto Bahia. Entre os convidados deste encontro virtual, participaram a coordenadora da CAAD/ Detran BA, Carla Santiago, e Francisco Júnior, supervisor operacional da RENOVA.

 

Um grande gargalo que tem afetado a dinâmica de atendimento das autoescolas na capital e interior é o baixo número de vagas para exames teóricos e práticos. De acordo com a coordenadora Carla Santiago, é necessário que os gestores das Ciretrans e Retrans notifiquem a CAAD sobre a possibilidade da ampliação da oferta de vagas. A partir disto, o órgão avalia as questões operacionais e estruturais, seguindo os critérios de segurança e saúde. 

 

Durante a visita de Carla Santiago, a diretoria oficializou a proposta de implantação de uma sala de Exame de Legislação na sede do sindicato, inicialmente, e posteriormente nas subsedes e delegacias. “Pautados em nosso Termo de Cooperação Técnica, queremos formalizar mais essa parceria com órgão, a fim de dinamizar o processo de habilitação dos alunos das autoescolas. Já levamos nosso projeto ao Diretor Geral do Detran BA, que foi bastante receptivo ao pleito e esperamos poder agregar mais este serviço aos cidadãos e CFCs do estado”, afirma Wellington de Oliveira, presidente do Sindauto Bahia. 

 

Abertura de serviços no CFC

Entre as soluções encontradas pelo Sindauto Bahia, implementadas a partir do plano de retomada do segmento, foi a implantação dos Postos de Captura nas sedes do sindicato e a abertura de laudo nas autoescolas. Com o retorno limitado e gradual dos SACs, essa alternativa foi providencial para os CFCs atenderem a demanda reprimida de alunos na fila de espera para iniciar o processo de habilitação. No entanto, erros frequentes na emissão deste documento podem colocar esse benefício em risco. 

Francisco Júnior, supervisor de operações da Renova, destacou que a documentação exigida é definida pelo Detran-BA e precisa ser cumprida por determinação do órgão. Nem o Sindauto, nem o atendimento da Renova nos postos de captura ou nos SACs têm qualquer autonomia para abrir exceções, sob pena de prejudicar o aluno posteriormente. 

 

Ainda tem dúvidas? Saiba quais são os documentos OBRIGATÓRIOS para atendimento nos Postos de Captura: 

 

 

OBS: TODOS OS DOCUMENTOS ORIGINAIS. FOTOCÓPIA SOMENTE EM CASO DE DOCUMENTOS EM FORMATO DE CARTÕES.

 

Tendências para o segmento 

 

No encerramento do encontro, o presidente Wellington de Oliveira destacou os desafios e as tendências para o segmento, em âmbito nacional. “Em assembleia da Feneauto, vimos que por pouco perdemos a tutela das aulas teóricas para as empresas de EAD. A teleaula veio como uma alternativa para manter esse serviço nas autoescolas e a tendência é que permaneça, mesmo com a retomada dos cursos presenciais. Os problemas que enfrentamos, como  poucas vagas para realização de exames e dificuldades na homologação dos cursos teóricos remotos, também estão ocorrendo em outros estados. Estamos em contato diariamente com a empresa parceria do sindicato na teleaula, cobrando e acompanhando a homologação dos cursos, que estão ocorrendo gradualmente”, explica. O presidente ressalta ainda que, graças a atuação do sindicato, hoje os empresários do estado têm a possibilidade de escolher diversas empresas disponíveis no mercado para explorar o serviço de teleaula e monitoramento. 


Confira o Encontro Empresarial Online na íntegra:

https://www.youtube.com/watch?v=aVFsnURmazU&feature=youtu.be