Liminar garante manutenção do atendimento do Plano de Saúde

Publicada em 07-17-20

Depois de muita luta ajuizamos uma ação contra a Hapvida exigindo que os atendimentos fossem mantidos pelo Hapvida, mesmo com a falta de pagamento das mensalidades do plano desde março de 2020.

Felizmente conseguimos a decisão liminar favorável, onde a juíza determinou que o plano HAPVIDA continuasse com os  atendimentos médicos de urgência e emergência para todos os beneficiários do plano de saúde que se enquadrem no GRUPO DE RISCO da COVID 19.

A notícia não tão boa é que a juíza CONDICIONOU a decisão liminar a apresentação dos recibos de quitação das mensalidades dos últimos 6 meses por parte das empresas, A CONTAR DE 18 DE JUNHO DE 2020, data do ajuizamento da ação!

Ou seja, quem está os pagamentos adimplentes até o mês de junho poderá se beneficiar da decisão liminar.

Vamos explicar como deverá ser feito.

Em relação às empresas que não pagaram desde março, abril e maio de 2020, estamos estudando medidas de convencimento para que a juíza amplie a decisão para estas empresas que ficaram inadimplentes neste período em função da pandemia. 

 

Assessoria Jurídica Sindauto BA