Educação no Trânsito é tema de nova audiência pública em Brasília

Publicada em 11-27-19

WhatsApp Image 2019-11-26 at 17.50.36

Mais uma vez, a educação no trânsito e a formação de condutores foram pautas de debate realizado em Brasília. Na última terça-feira (26), o Sindauto Bahia participou da audiência pública realizada na Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados, a fim de discutir a necessidade de uma padronização no processo de habilitação em todo país e as propostas de mudanças na formação de condutores. Além de deputados que compõe a Frente Parlamentar em Defesa da Educação no Trânsito, o evento contou com a participação do presidente interino da Feneauto, Magnelson de Souza, representando os sindicatos estaduais, de empresários e de especialistas do segmento.

A possibilidade da adoção do ensino a distância nas autoescolas esteve entre os pontos mais criticados na ocasião. O deputado Abou Anni (PSL-SP), em sintonia com representantes das autoescolas, se posicionou contrariamente à adoção dessa modalidade de ensino. "Além de ser mais caro, o curso on-line não qualifica os condutores para estarem em via pública dirigindo", disse Anni. Representado o atual presidente da Feneauto, Magnelson de Souza apresentou o segmento, que gera mais de 112 mil empregos diretos em todo o país.

“Precisamos melhorar o processo de formação de condutores, não temos dúvidas disso. Mas é preciso reconhecer o papel das autoescolas de formar bons condutores e defendemos que essa formação seja exclusivamente presencial”, declarou Magnelson, destacando ainda que a fiscalização no trânsito, auditoria e acompanhamento das normas precisam ser cumpridas com rigor pelos estados, a fim de coibir infrações e fraudes. “Queremos dialogar com o Governo para buscar o que há de melhor no processo de formação de condutores, mas sempre com muito respeito a categoria e ao setor. Não podemos aceitar que em nome do novo ou da modernidade se jogue no lixo da história toda essa categoria que serviu ao país até os dias de hoje”, concluiu.  

O presidente do Sindauto Bahia, Francisco de Assis, declarou que esse debate é resultado de um trabalho bem articulado da categoria, junto aos parlamentares. “Ao longo do ano, nos unimos para dialogar com os deputados, seja em Brasília ou em nossos estados, a fim de sensibilizá-los sobre a realidade do nosso segmento. Vemos em audiências públicas como essa que a voz da categoria está sendo ouvida e colocada nas discussões antes da tomada das decisões que podem afetar, não apenas um segmento empresarial, mas toda a sociedade”, afirma o presidente Francisco de Assis. "Agradeço a todos que nos acompanharam ao longo destas mobilizações, em especial nesta ocasião, aos empresários do CFC Camila, de Barreiras". 

Confira o vídeo da aindiência pública na íntegra: https://www.camara.leg.br/evento-legislativo/58247