Novas empresas de monitoramento buscam credenciamento do Detran-BA

Publicada em 10-02-19

 

O Sindauto Bahia segue em busca de redução de custos para os Centros de Formação de Condutores da Bahia. Após conquistar a retirada da telemetria da portaria que regulamenta o monitoramento das aulas práticas, a diretoria do sindicato tem se reunido com novas empresas prestadoras do serviço, a fim de baratear o valor pago pelas autoescolas/CFCs e pelos alunos.

Com o fim da obrigatoriedade do sistema de telemetria, duas empresas já buscaram credenciamento junto ao Detran-BA, VSoft e CFCSYSTEM. Além disso, o sindicato também aguarda nova proposta da atual prestadora contratada, a fim de que os empresários possam comparar e avaliar o melhor custo benefício.

“Nunca fomos contra o monitoramento, mas sempre defendemos a categoria buscando meios de baratear os custos com serviços terceirizados, que oneram ainda mais os serviços para a população”, afirma o presidente do Sindauto Bahia, Francisco de Assis. A diretoria seguirá acompanhando e informará, aos associados, quando receber novas propostas.