Sindauto entra na justiça contra o reajuste e a suspensão do atendimento do plano de saúde

Publicada em 06-18-20

O Sindauto Bahia ajuizou ação coletiva contra a operadora de saúde HapVida. O objetivo do processo é suspender o reajuste e garantir a manutenção do atendimento, mesmo àqueles que, em função da crise, ficaram inadimplentes.

“Buscamos de todas as formas o diálogo e a negociação com a operadora, mas não tivemos êxito. Este foi o último recurso que nos restou, pois tem muitos associados com trabalhadores e familiares em tratamento e precisam da assistência médica. A condição de inadimplência foi alheia a nossa vontade”, explica o presidente do Sindauto Bahia, Wellington de Oliveira.

Além de aplicar um reajuste de 18% no plano de saúde, a HapVida não aceitou a proposta do sindicato para negociar os meses de abril e maio, postergando o pagamento para junho, julho e agosto, quando havia a expectativa de plena reabertura dos serviços neste período. O número do processo protocolado no Tribunal de Justiça da Bahia: 8060435-82.2020.8.05.00001.